preloader
Subir
Compartilhar

Como um Arquiteto Deve Escolher Móveis para um Projeto?

Full House Decoração 23 de janeiro de 2020 0 comments

O assunto de hoje é o desafio dos arquitetos em projetos que envolvam a escolha da decoração de uma casa, incluindo seus móveis. Vale ressaltar que este é um trabalho em que devem ser considerados diferentes aspectos, como acabamento, material, visual, cores, além de outros detalhes, principalmente o gosto dos clientes.
A decoração de uma casa pode transformar completamente um imóvel, e torná-lo luxuoso e aconchegante. Neste artigo, você poderá conferir algumas dicas valiosas para criar ótimos projetos e encantar seus clientes de forma bastante prática.

 

⦁ Escolhendo o estilo dos móveis:

Rústicos, modernos ou portador de qualquer outro adjetivo que seja capaz de expressar características, o fato é que a imensidão de estilos de móveis é simplesmente enorme. Por isso, focar em um estilo específico pode ser uma das melhores saídas para os profissionais.

Por exemplo, para um estilo europeu de móveis, a escolha de peças artesanais refletem em algo único e exuberante. O estilo predileto para a decoração de muitas casas, é voltada à moda italiana, pois dotada de alta qualidade, é especializada na produção de móveis clássicos de luxo.
Enquanto a escolha do modelo clássico americano, fazem parte de móveis e revestimentos, que se fazem necessário de uma estética que é formada e realizada através da planta do imóvel, um lado que privilegia os espaços abertos e integração entre sala de estar, de jantar e cozinha.

Portanto, dominar o conceito básico desses e de tantos outros estilos, e conhecer à fundo o gostos de seu cliente fará com que você poupe tempo e faça escolhas mais assertivas em seus projetos.

 

⦁ Madeira como aliada:

 

O uso clássico não abdica da madeira, tanto para revestimentos, como piso e vigas, elas fazem parte de um material certo em todas as casas americanas, levando uma maior sensação de aconchego aos ambientes.

Ao seguir a direção de tendências de decoração para 2020 elas podem apontar para novas perspectivas em projetos. E além disso, acompanhar as novidades da área mantém você sempre a par do mercado e sobre como as necessidades e desejos das pessoas mudam anualmente.

Ao começar os trabalhos sobre em que móveis investir, que farão parte do processo de escolha para não ficar sempre com a mesma cara modular. Outra dica importantíssima é a otimização de espaços.
Atualmente existem diversos tipos de madeira, e escolher a escolha da ideal está relacionada a diversos fatores, como o custo e durabilidade. Então, se você como arquiteto atua no processo de decoração de muitos ambientes, contar com um fornecedor, ou seja, uma loja de móveis de confiança, faz com que o sucesso de seus projetos seja certo.

⦁ Decoração para a área externa

Poder contar com um espaço externo para relaxar, ler um bom livro ou simplesmente admirar a vista, tem sido uma das principais prioridades de que está investindo na decoração de casas ou apartamentos.
Esses lugares devem ter uma decoração própria, que harmonize com o restante da casa, e seja confortável. Portanto, a colocação de móveis próprios como estofados e mesas é primordial.
Ao preparar projetos para área externa, é preciso fazer com atenção a escolha de materiais. A maioria dessas áreas têm um pequeno problema: está exposta a mudanças de temperatura e outros fatores imprevisíveis, como chuva e poeira. Portanto, tudo precisa ser resistente.

Alguns profissionais têm dificuldades para encontrar materiais resistentes e que combinem com o restante do projeto para a área externa. Calma, é possível encontrar móveis e acessórios adequados.

Por incrível que pareça, existem algumas opções de móveis em madeira que podem e devem ser usadas. Tudo depende do acabamento, eles precisam ser bem envernizados e passar por processos que os deixam mais resistentes.

Sustentabilidade, por sua vez, é uma a aposta. Isso porque a pureza desse processo possui como essência no projeto de decoração, a reutilização de móveis e objetos retrô, além de contribuírem com um mundo mais limpo, celebram uma nova moda: o desejo de tornar contribuir significativamente com a natureza. O meio de valorizar o meio-ambiente e a adoção de atitudes ecologicamente corretas, o que inclusive já é lei em algumas construções para casas.

Mas a grande dica aqui é optar na tendência que gera o bem, ideologicamente dizendo, e buscar fornecedores que façam escolhas corretas, afinal, os consumidores estão atentos e podem valorizar isso no momento de escolher uma local para comprar.
Portanto, priorize parceiros que se preocupam com o meio ambiente e aproveite inclusive para posicionar sua loja como contribuinte para um mundo melhor e colaborativo!

Além de todas as dicas, os moradores também devem receber orientações de manutenção. Quanto mais bem cuidado for o móvel de madeira, mais tempo ele dura.

⦁ A escolha dos detalhes:

 

Escolher cada detalhe de seu projeto com atenção e dedicação faz com que seus clientes aprovem logo de cara suas escolhas e indiquem você a outras pessoas. Portanto, se apegar aos mínimos detalhes te coloca no caminho certo.
Vale ressaltar que as cores exercem um papel de extrema importância, e é preciso se apegar a funcionalidade delas.
Por exemplo: quais cores combinam com o projeto de decoração de seu cliente? Em geral, uma boa conversa com o cliente, questionando-o sobre suas cores favoritas é essencial. Você pode inclusive mostrar a ele catálogos com os tons que mais vem sendo usados em cada cômodo das casas.

A maioria das cores, na verdade, vem do acabamento dos móveis escolhidos para o projeto. Por isso, você pode escolher móveis em madeira em tons mais escuros, por exemplo. Dependendo do gosto do cliente, também é possível aproveitar pequenos acessórios para adicionar um colorido, como almofadas, vasos e ornamentos.

A palavra funcional define muito bem a principal característica dos projetos. Para conseguir sucesso nesse tipo de planejamento, é importante saber que cada objeto tem uma função e que não dará trabalho em excesso na manutenção.

Ou seja, não é interessante escolher móveis e decorações que precisam de limpeza todos os dias ou que devem ser cobertos para a proteção de agentes como a poeira.
Um bom móvel de madeira, por exemplo, só precisa do verniz e tratamento adequado. Depois, basta tirar a poeira quando for necessário.

Tenha cuidado também com o piso nos projetos para área externa. Boa parte desses locais pode molhar e é importante que o revestimento seja antiderrapante. Pisos e cerâmicas escorregadios estão fora de questão.

Ao tratar-se de itens adicionais, a beleza dos projetos de decoração está na combinação entre itens de decoração e acessórios funcionais. Para deixar tudo mais estiloso, é possível adicionar detalhes, como um deck ou toldos de madeira rústica para ambientar o lugar.

⦁ Planejando a colocação dos móveis:

Através de um alto grau de personalização, e também de personalidade que está relacionado a cada projeto, pois a colocação de cada móvel deve estar de acordo com o gosto do cliente, bem como devem estar dispostos de forma funcional.
Antes de adquirir todos os móveis, deve-se lembrar de que todos eles precisam estar de acordo como dia a dia e estilo de vida dos moradores.
Por isso, os projetos personalizados se tornaram mais simples de adequação nos ambientes. Outro ponto positivo é a diversidade de acabamentos, com possibilidades de diversificação de acordo com o desejo do cliente.

A importância de um bom projeto resulta em clientes mais satisfeitos, a idealização de móveis adequados proporcionam ao cliente um trabalho de qualidade e satisfatório, portanto, estudar sobre eles é a chave de um bom atendimento!

Post a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp chat